25 de Março de 2016

DEPOIS DE TE BEIJAR, A BOCA PURPURINA

UM NOME ALI GRAVEI, O TEU NOME ... MARIA

Digitalizar0026.jpg

 

Alfredo Marceneiro canta Fado Laranjeira

letra de Júlio César Valente e música  (Fado Laranjeira) de Alfredo Marceneiro

 

 

.

"LARANJEIRA FLORIDA"

 

Letra de: Júlio César Valente

Música: Fado Alexandrino Laranjeira de Alfredo Marceneiro

 

 

Em tenra a laranjeira

Ainda pequenina

Onde poisava o melro

Ao declinar do dia

Depois de te beijar

A boca purpurina

Um nome ali gravei

O teu nome Maria

 

Em volta um coração

também com arte e jeito

Ao circundar teu nome

A minha mão gravou

Esculpi-lhe uma data

E o trabalho feito

Como selo de amor

No tronco lá ficou

 

Mas no rugoso tronco

Eu vejo com saudade

O símbolo do amor

Que em tempos nos uniu

Cadeia de ilusões

Da nossa mocidade

Que o tempo enferrujou

E que depois partiu

 

E à linda laranjeira

Altar pregão d´amor

Que tem a cor da esperança

A cor das esmeraldas

Vão as noivas colher

As simbólicas flores

Para tecer num sonho

As virginais grinaldas     

Free Guestmap from Bravenet.com
publicado por Vítor Marceneiro às 22:00
Quando comecei a ouvir esta música não sabia que se chamava "fado" que nos faz conhecer o coração da pátria mãe lágrimas me vem aos olhos cada vez que ouço e a voz do Alfredo Marceneiro foi muito marcante pois tem a identidade do povo português, desde ja fico lhe grata por este blog que veio enriquecer mais ainda este conhecimento tão raro que é o "fado".
Quezia a 18 de Setembro de 2016 às 18:58
CLIQUE NA FOTO PARA SE INSCREVER
Este blogue é propriedade da Associação Cultural de Fado " "O Patriarca do Fado", assim como a página na rede social Facebook, com o mesmo título genérico. a ACFPF, é uma associação sem fins lucrativos e registada na Conservatória do Registo Comercial R.N.P.C. de Lisboa, sob o nº 900/2012. Contribuinte nº 510431720. Alfredo Marceneiro é marca registada no INIP com o número 510495150. Todo o conteúdo está protegido por "copywrite ©", direitos conexos e afins, pelo que não poderá ser usado para fins que não sejam a sua divulgação e a devida autorização.
Busto de Alfredo Marceneiro por Dr. Francisco Faria Pais Busto de Alfredo Marceneiro por Dr. Francisco Faria Pais