Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alfredo Marceneiro "O Patriarca do Fado"

PÁSCOA FELIZ 2013

Vítor Marceneiro, 29.03.13

BOA PÁSCOA 

E ACIMA DE TUDO SEJAMOS FELIZES

 

 

 

O FADO É UM TESTEMUNNHO
O Fado não é apenas testemunho poético do drama histórico de um Povo.
Fado é Vida é Destino.
A tensão entre a Saudade e a Esperança, pertencem também a cada português, se é que não faz mesmo parte da condição humana.
Talvez o Fado não seja a força inevitável do destino, mas procure-se nele o sinal vivo da luta do Amor com a Morte.
O que há de mórbido na “alma” do Fado é as mil maneiras como nos prova que o coração se engana e é com a morte que se enleia quando busca o Amor.
Mas o Fado não abafa o sopro inquieto com que o homem se interroga sobre todos os horizontes e arde em anseios de Infinito.
Se Fado é vida e destino, também Jesus Cristo veio à Terra cumprir o seu Fado... o seu destino.
Mas, o Fado é acima de tudo é ....
 
UM ESTADO DE ALMA

SE O SANTO PADRE  FRANCISCO, SOUBER

O "SABOR" QUE O FADO TEM


 VEM DE ROMA A LISBOA


PARA CANTAR O FADO TAMBÉM


SEJAMOS SOLIDÁRIOS,

ATÉ OS  ANIMAIZINHOS

PERCEBEM

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional, assim como registo na Sociedade Portuguesa de Autores, sócio nº 125820, e Alfredo Marceneiro é registado como marca nacional no INIP, n.º 495150.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.